Sábado, 12 Agosto 2017 00:41

Ele foi especial em tudo.

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

Ninguém consegue acabar os atuais conflitos do mundo a exemplos de Ucranianos X Russos na Europa, e Israelenses X Palestinos no Oriente Médio que ceifam tantas vidas de soldados, civis, e dentre eles crianças inocentes.
Mas um dia o rei Pelé conseguiu um fato extraordinário e inédito no mundo que foi parar uma guerra. Era 1969 e o antigo Congo Belga vivia uma sangrenta guerra civil. O time do Santos fazia uma excursão pela África, e por segurança os dirigentes do clube resolveram cancelar o amistoso. A popularidade de Pelé era tanta, mesmo entre as partes em luta, que os seus líderes preferiram chegar a um acordo e interromperam o conflito durante a realização dos dois jogos até a delegação do Santos deixar o país.

Ninguém quis perder a oportunidade de ver Pelé jogar. Nesse período nem um tiro foi disparado, e inimigos se cumprimentaram. Momentaneamente, é claro. Porque logo depois, ...o "coro voltou a comer".


Max Matos, dizendo tudo.

Ler 43 vezes Última modificação em Sábado, 12 Agosto 2017 00:45

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

CMS Banner de Internet 300x90px