988 Fora TemerEu gosto de ver essa galera que não assume que errou no "acordão malandro", pra ganhar a eleição de 2010.
Se deu mal, se arrependeu, não assumiu a culpa e agora, na cara de pau, joga a culpa toda na direita como se esta estivesse adorando esse presidente fraco e perdidão, que só serviu pra ajudar a livrar o Brasil do PT.
Gritaram freneticamente, "Fora Temer", assim como gritaram incompetente e inutilmente o "Não vai ter golpe".

Max Matos, dizendo tudo.

Um desconhecido foi certeiro ao dizer:
"Temer me foi enfiado goela-abaixo e a seco. Ao contrário dos petistas, que o escolheram uma vez, gostaram, e repetiram na segunda". kkk

Comment (0) Hits: 134

WhatsApp Image 2017 02 07 at 08.43.56Sou corretor de imóveis há 45 anos e como profissional tenho por hábito pra facilitar o meu trabalho usar banners de divulgação no local do imóvel, seja em janelas ou grades com a devida autorização do proprietário ou do síndico.
Pois é, após tantos anos desta prática tão corriqueira e que eu inocentemente pensava ser correta, vem agora a Prefeitura-Sucom e começa a removê-los arbitrariamente, mesmo estando afixados num espaço privado.

Após "perder" vários destes equipamentos, procurei a Sucom e obtive a informação de que não existe uma legislação específica para o uso de banners de divulgação de vendas ou aluguéis em locais privados, diferentemente de letreiros em estabelecimentos comerciais que carecem de uma licença.
Só que um dos prepostos do órgão quando interceptado por mim no momento em que preparava pra cometer mais um arbítrio, me disse o contrário, de que a legislação existe sim, só que os cartazes terão que ser colocados na parte de trás da grade e não na frente. Fiquei sem entender.

WhatsAp3.56Concluí então que se trata de uma tremenda incoerência da prefeitura e do seu órgão executor, desde quando no momento em que se remove uma propaganda, se bloqueia e evita que o imóvel seja negociado e consequentemente a própria prefeitura deixa de arrecadar o famigerado ITIV, que a partir de 2013 foi modificado em razão do antes chamado "valor venal" ter a sua alíquota majorada elevando a base de cálculo para o valor dos imóveis colocando-os muitas vezes bem acima do valor real de mercado o que também dificulta a negociação.

É difícil entender esta incoerência: Querem arrecadar mas se perdem na burocracia e ganância trocando os pés pelas mãos, inviabilizando uma receita para os próprios cofres públicos e fazendo cada vez mais lembrarmos do ex-governador Otávio Mangabeira, que continua vivo através dos disparates que a toda hora fazem aflorar a sua memorável frase: "Pense num absurdo, na Bahia tem precedente".
Pelo visto, não querem deixar o homem descansar em paz.
Max Matos, dizendo tudo.

Comment (0) Hits: 164

QUE TRISTE IRONIA.3A vida é interessante.QUE TRISTE IRONIA.3 Vemos em todos os momentos, pessoas lutando por direitos de expressão e por respeito. Respeito às diferenças, às escolhas. Cada dia mais falamos e ensinamos, aos nossos filhos, que devemos combater preconceitos raciais, sexuais, religiosos ou de qualquer que seja o tipo. Mas aí acontece algo que choca. Em pleno movimento do grupo LGBT, a Parada Gay, vemos imagens absurdas de total desrespeito à Igreja.

E vem a pergunta: Como um grupo que luta tanto por respeito da sociedade se manifesta desrespeitando parte dela? Qual a intenção? Será que a Parada não poderia ser algo leve e alegre?
Que triste ConjuntoQuando defendo uma opção, tento mostrar o porquê da minha escolha. Não acredito que ridicularizar e ofender as pessoas que não pensam da mesma forma, seja um bom caminho. Que tipo de reação podemos esperar de ações como esta? Será que estamos vivendo numa época onde só as ofensas ao LGBT são passíveis de penalidade? Que triste-Conjunto. E eles, por terem sofrido tanto tempo, agora, têm o direito de ultrapassar os limites e ofender os outros? Acredito que, independente de onde parte a ofensa, desrespeito é algo inaceitável. Para se ter respeito, é preciso que se respeite.

Espero que, na próxima Parada Gay, o tema de inspiração dos integrantes seja algo mais bonito de se ver. Que eles não esqueçam que, liberdade de expressão não quer dizer liberdade de agressão.

TATIANA 20Tatiana Garrido é odontóloga.
Faça o seu comentário abaixo na área correspondente.
Preencha os quadros com seus dados, digite o código e clique em ENVIAR.

Comment (0) Hits: 124

959 TeoriAcidente de avião mata o relator dá Lava jato.
Há controvérsias quanto ao seu substituto:

Se o presidente Temer ou a ministra Carmem Lúcia. Pra mim seria muito azar nosso se caísse nas mãos de Lewandowski ou Toffoli.

 

Comment (0) Hits: 123

958 Cabo Daciolo

Na Sessão do ultimo dia 14 de dezembro, o deputado Cabo Daciolo, calou o plenário ao pedir que o nome de Deus seja mais utilizado nas sessões.
É claro que contrariou a muitos hipócritas que só usam a religião em momentos eleitorais demonstrando a falsa fé pra enganar o povo incauto.
Aliás, não são apenas os maus políticos que agem assim.
Max Matos, dizendo tudo

Comment (0) Hits: 124

Beijo forçado2ASSUNTO POLÊMICO SOB O PONTO DE VISTA DE UMA MULHER - (Republicação)

* Carnaval, em Salvador, é algo único e especial. Mas, também, é um evento onde as pessoas cometem muitos excessos. Adoro estar nos circuitos e aproveitar, ao máximo, todas as atrações. A única coisa que não gosto é da violência, principalmente, a cometida contra as mulheres.
Todas nós temos direito de curtir essa festa, sem sermos desrespeitadas, estando acompanhadas ou não. Quando uma mulher está sozinha, na avenida, não quer dizer que ela está disponível e que os homens têm o direito de ultrapassar seus limites.
Nunca aceitei a prática do beijo roubado e/ou forçado. Para mim, o beijo é uma troca de carinho e, como troca, deve ter o consentimento e a vontade de Beijo na raça.200ambas as partes. Sei que posso parecer antiquada mas não me sentiria bem, sendo beijada por alguém que nem conheço, simplesmente, porque ele teve vontade ou porque o alto consumo de álcool, ou drogas, o fez agir assim.705 beijão2 CópiaBeijo forçado.2Apesar do beijo roubado ter se tornado prática comum, no carnaval de Salvador, e ser aceita por muitas mulheres, acredito ser um ato de violência, que constrange a vitima. Mas, essa semana, a coisa tomou uma proporção absurda: Um homem foi condenado por ter roubado um beijo, no carnaval de Salvador, em 2008.

A condenação foi de 7 anos de prisão porque ele foi julgado pela prática de estupro, um crime hediondo. Isso me deixou perplexa.

Beijo na raça.200Apesar de não aceitar a ação e achar que se trata de uma violência, jamais a classificaria desta forma.
O beijo não pode ser igualado ao estupro e sim, a um constrangimento ilegal. E, desta maneira, o agressor cumpriria penas alternativas ou pagaria multa.
705 - beijão2 - CópiaFico imaginando esse homem preso como estuprador e aí vejo a injustiça, da nossa justiça, que acabou praticando uma violência ainda maior, do que a do agressor. O homem errou, precisa aprender a respeitar limites mas ser condenado, como estuprador, é um absurdo.
Fico a questionar o porquê dessa atitude tão severa e como sairá esse homem, se a pena não for alterada, depois de 7 anos de convívio com verdadeiros criminosos.
Espero, de verdade, que a justiça reveja sua posição. Por isso, fica a dica: nesse carnaval, pule muito, curta bastante mas só beije muito, com consentimento.

TATIANA 20Tatiana Garrido é odontóloga.

Comment (0) Hits: 122